Páginas

17 de agosto de 2017

...Lagoa Azul - Islândia...








Cheguei à noite e como tal pernoitei em Keflavik  (2 km do aeroporto). Na manhã seguinte, atravessei campos de lava e, num cenário quase surreal com as chaminés da central  geotérmica de Svartsengi, cheguei à Lagoa Azul, contudo, só na noite do dia seguinte pude tomar banho. Aconselho a reservar pela Net caso não permanecem mais do que um dia na região de Reiquiavique. 
A cor da lagoa é resultado de uma concentração de sílica, calcário e algas azul-esverdeadas.  Depois de ter alimentado a central e perdido a temperatura inicial, a água, captada a uma profundidade de 1800 metros,  é despejada na lagoa onde permanece entre os 36 e os 39ºC. (E às onze da noite o banho soube ainda melhor:-)



3 comentários:

Joana disse...

Que maravilha, Isilda! :) Beijinho

Isilda disse...

Beijinho, Joana:-)

Sandra Oliveira disse...

Espetáculo :D