Páginas

20 de agosto de 2016

...Suiça...

Férias de verão, para mim,  são sinónimo de viagem, de partida rumo a um lugar a descobrir. Este ano, assim não foi, parti para um país que já conhecia na certeza de que o maior valor da viagem seria o reencontro de grandes amigos. E isto é, por si só, razão mais que suficiente para partir. Redescobri o país; reforcei amizades e revelei capacidades que julgava não ter: aprendi a andar de bicicleta e os passeios de mais de vinte quilómetros levam-me, mais uma vez, a dizer que por vezes o difícil é mesmo começar.

5 comentários:

Lete disse...

Oh, que giro, eu também (re)aprendi a andar de bicicleta há pouco mais de meia dúzia de anos. Depois disso, fiz muitos quilómetros em estrada. Agora só bicicleta de BTT e em pistas/ciclovias. Estás, então, de parabéns pelo esforço e por essa conquista!
Eu também acho que as melhores férias são aquelas em que revimos amigos e podemos conviver um pouco mais na sua presença. Por isso, muitas felicidades nessa amizade!
Beijinho, bom fim de semana!

Catarina disse...

Olá minha querida!
Que bom que aprendeste a andar de bicicleta, estamos sempre a tempo de aprender, seja o que for!!
Vejo que partilhamos do mesmo sentimento em relação às férias! Que bom que as aproveitaste!
Beijinho grande**

Isilda disse...

Obrigada, Lete e Catarina:-)
Beijinho

Arroz Di Leite disse...

Que tempo bom recomeçar, seja qual for o motivo.
Aproveito e fico a te seguir.
Bjs

Tânia Camargo

Catarina H. disse...

Que belas férias, feitas de bons reencontros e novas aprendizagens. Essas são as melhores, são aquelas que ficam na memória :)
Beijinhos e parabéns por teres aprendido a andar de bicicleta :*